quinta-feira, 23 de julho de 2015

Apresentação do relógio do PSG da Hublot








in Instagram

Campanha #NikeTown















in Tumblr/Instagram

UMA “PRÉMIÈRE” PARA DAVID LUIZ, CAVANI E STAMBOULI


No dia seguinte após  assinar com o Paris Saint-Germain, Benjamin Stambouli finalmente conheceu seus companheiros de equipe em campo depois de vestir pela primeira vez o seu novo equipamento de treino. Depois de chegarem cedo em solo norte-americano, David Luiz e Edinson Cavani se juntaram ao restante do grupo para o café da manhã, antes de seguirem em direção ao campo a partir das 9:30 juntamente com o ex-jogador do Tottenham e também de Marquinhos e Thiago Silva, que chegaram nesta última segunda.


Depois de se reunirem ao restante do grupo, David Luiz, Edinson Cavani e Benjamin Stambouli correram ao redor do campo antes de fazer um trabalho com bola juntamente com o restante do grupo. Já Marquinhos e Thiago Silva realizaram um trabalho físico mais específico preparado pelos preparadores físicos. Todo o grupo concluiu o treinamento desta manhã fazendo um coletivo em campo reduzido e golzinhos.


Benjamin Stambouli, Thiago Silva, Marquinhos, Edinson Cavani e David Luiz realizam uma segunda sessão de treinos na tarde de terça não sendo opção para o jogo que aconteceu nesse dia. 


in PSG

terça-feira, 21 de julho de 2015

Meus Prémios Nick 2015

As votações abriram e David Luiz foi indicado a "Jogo na Gringa". Depois de ter vencido como "Atleta Favorito" no ano anterior, o nosso Campeão está novamente indicado, desta vez, numa categoria diferente. Para VOTAR acedam ao link:

 http://www.meuspremiosnick.com.br/  

Votem o quanto quiserem. Ou então através do Twitter usando as #hastags - #MPN #DAVIDLUIZ (juntas) e está valendo, assim como os Retweets (também conta como voto). Vamos dar mais este prémio ao David, ele merece. 





domingo, 28 de junho de 2015

Brasil ficará fora da Copa das Confederações pela primeira vez na história

A queda para o Paraguai outra vez nas quartas de final da Copa América e na disputa por pênaltis dá ao Brasil uma estatística negativa inédita: pela primeira vez em sua história ficará fora da Copa das Confederações da Fifa.
O Brasil não participou das duas Copa Rei Fahd, torneio que deu origem à Copa das Confederações, em 1992 e 1995 na Arábia Saudita.
Até hoje aconteceram sete edições da competição com chancela Fifa (1997, 1999, 2001, 2003, 2005, 2009 e 2013) que reúne os campeões continentais, o atual detentor do título mundial e o país-sede da próxima Copa do Mundo.
E a seleção ganhou quatro vezes a competição, sendo a atual tricampeã (1997, 2005, 2009 e 2013). A pior participação aconteceu em 2003, quando não passou da fase de grupos. Além disso, foi vice-campeã e quarta colocada uma vez cada.
O técnico Dunga, por sinal, ganhou a edição de seis anos atrás na África do Sul ao derrotar os Estados Unidos de virada na grande decisão por 3 a 2.
A próxima edição acontecerá em 2017 na Rússia. Além dos anfitriões, já estão garantidos Austrália (campeão asiático) e Alemanha (da Copa do Mundo).



in ESPN


*Vale lembrar que David Luiz não fez parte da equipa titular e que ficou na reserva durante toda a partida. 

Grito de Messi e delírio com David Luiz na janela marcam chegada da Seleção


Uma das torcidas mais comportadas e "engraçadinhas" das trajetórias da seleção brasileira recepcionou o ônibus da equipe no hotel em Concepción, cidade do duelo pelas quartas de final da Copa América, sábado, contra o Paraguai. Quando o veículo apontou, gritos bem tímidos foram ouvidos de cerca de 50 chilenos. Antes que os jogadores descessem do ônibus, houve gritos de "Messi", "Alemanha" e, depois, certa euforia com as aparições de David Luiz na janela do hotel.
Sem Neymar, maior estrela da delegação, mas já de férias no Brasil após a suspensão de quatro jogos aplicada pela Commebol, a torcida não se entusiasmou. Chamou alguns jogadores como Jefferson, Willian, Thiago Silva e Philippe Coutinho. David foi o último a descer do ônibus e o primeiro a surgir na janela do quarto. Mesmo na reserva, ele foi o mais festejado.
A seleção brasileira treina nesta sexta-feira no estádio Ester Roa, palco da partida de sábado. Se chover, a atividade poderá ser transferida para o campo do Huachipato. Isso porque a sede de Concepción só foi inaugurada nesta quinta-feira. O gramado será preservado se as condições climáticas forem desfavoráveis.

in Tribuna Hoje

sábado, 27 de junho de 2015

Time de branco vence por 3 a 1, mas não leva no duelo do 2 toques


O confronto desta sexta-feira no Estádio Ester Roa, em Concepción - o treino de dois toques tradicional de vésperas de jogos - foi marcado por "irregularidades". Começou com a falta de uma baliza móvel, que permitisse ser usada metade do campo como habitualmente, o que obrigou à improvisação de duas "goleiras", como se diz no Sul, para serem ocupadas por Marcelo Grohe e Neto.
Quer dizer, não tinha rede para ser balançada, o que motivou a desculpa do "centroavante" Miranda após o duelo em que seu time foi derrotado por 3 a 1.

- Artilheiro não pode jogar com uma baliza que não tem rede. Não tem graça marcar gol. Tem mais: este jogo não valeu e não vai contar ponto.

O argumento de Miranda saiu vencedor. A partida foi anulada, ainda mais que o time de amarelo chegou a atuar 20 minutos com um jogador a menos - quando perceberam, e pediram para Mauro Silva entrar, já perdiam por 3 a 0.

Os gols, na sequência, para o time amarelo foram de Firmino (dois) e David Luiz. Elias descontou quase no fim, um pouco antes do "árbitro" Fábio Masheredjian encerrar.

Robinho, o "presidente" do time de branco, que venceu em campo, protestou muito contra a decisão no tapetão. 

- Põe aí que foi 3 a 1 para a gente. Eles estavam tão mortos que não souberam nem contar. Não viram que estavam com um a menos. Problema deles.

Mas não houve jeito. Os jogadores de amarelo se misturaram aos de branco na foto oficial do time vencedor e "melaram" de vez a partida.

BRANCO - Marcelo Grohe, Geferson, Casemiro, Douglas Costa, Fred, Firmino, Philippe Coutinho, Diego Tardelli, Everton Ribeiro, Robinho e David Luiz.

AMARELO - Neto, Fernandinho, Fabinho, Marquinhos, Filipe Luís, Willian, Thiago Silva, Miranda e Elias.

GOLS - Firmino (dois), David Luiz; Elias.

ANORMALIDADE - O time de amarelo atuou durante 20 minutos com 10 jogadores, um a menos do que o de branco. Quando Mauro Silva foi autorizado a entrar, o time já perdia por 3 a 0 e por isso a partida foi anulada. No placar geral, o time de Robinho vence por 3 a 2.  

Fernandinho explicou que a derrota do seu time não se deveu ao fato de ter um jogador a menos.

- Na verdade, jogamos com menos três: o que faltou e mais a nossa dupla de ataque (Miranda e Elias).

in CBF

Copa América '15




quinta-feira, 25 de junho de 2015

Fotos:




Meninos do Universidad do Chile conseguem fotos


Desde o dia 12 de junho, a Seleção Brasileira está em Santiago. No dia seguinte, houve o primeiro treino no CT do Club Universidad de Chile. Foram vários treinamentos, desde então, sempre acompanhados de longe - do campo 1 - pelos garotos da base do Sub-10 do time de azul da capital chilena.
Os meninos estavam sempre treinando no mesmo horário da Seleção Brasileira. Mas nesta quarta-feira, dia da última atividade desta semana no Club Universidad, já que a delegação do Brasil viaja amanhã, quinta, para Concepción, os garotos não deixaram passar.
Assim que os jogadores da Seleção Brasileira deixaram o vestiário, foram cercados pelos jogadores da SuB-10, que eles pediram autorização para o técnico e correram para tirar fotos com os craques do Brasil.
Conseguiram. Não só tirar fotos como ganhar autógrafos. Felizes da vida.

in CBF

Filho de Bellini compara estilo do capitão em 58 ao de David Luiz

O zagueiro David Luiz pode até não ter obtido êxito em sua primeira Copa do Mundo com a camisa da Seleção Brasileira, mas ganhou um elogio enorme. Filho do falecido beque Bellini, Júnior comparou o estilo do atleta do PSG com o de seu pai, capitão da primeira formação campeã mundial do Brasil, em 1958.

"É difícil comparar, são épocas distintas. Mas alguns deles, principalmente o David Luiz, guardam uma semelhança em termos de estilo", começou, em entrevista à Gazeta Esportiva.Net , durante o evento de lançamento do livro "Bellini: o primeiro capitão campeão", assinado por Giselda, viúva do primeiro brasileiro a erguer a taça Jules Rimet.

"O Thiago Silva já é mais clássico, mais técnico. O David Luiz é mais garra, mais coração. Tem uma liderança mais acentuada, se parece com o meu pai nesse sentido. O estilo é bem semelhante", ponderou Bellini Júnior. Vale destacar, no entanto, que David Luiz perdeu espaço na nova Seleção de Dunga para Miranda, que recebeu a faixa de capitão após o anúncio da suspensão de Neymar.Além do filho do ex-capitão, outro velho conhecido de Bellini teceu elogios ao companheiro: o volante Dino Sani, também campeão em 1958 e vencedor da Liga dos Campeões da Europa pelo Milan em 1963 - então conhecida como Taça dos Campeões Europeus.

"O Bellini sempre foi um jogador de muita vontade, muita força. Era um líder dentro de campo, comandava os jogos de forma muito dura, muito firme. Era uma grande referência, não há dúvida. A Copa de 58 teria sido muito mais difícil sem ele, mesmo que a Seleção fosse muito boa", exaltou Dino.

Infelizmente, contudo, Bellini não tomou conhecimento da realização da Copa do Mundo de 2014, no Brasil. Tampouco do título da Copa das Confederações, conquistado um ano antes sobre a Espanha.

"Em 2013, ele não tinha mais condição de acompanhar. Já não falava mais, estava bem debilitado. Estava lá conosco de corpo presente, mas não tinha noção do que estava acontecendo. A escolha do Brasil como sede em 2014 ainda é muito recente, ele já estava na fase final. Infelizmente, não tomou conhecimento do Mundial no nosso país", revelou Bellini Júnior.Responsável por inventar o famoso gesto de erguer a taça Jules Rimet acima da cabeça, que seria posteriormente adotado em todos os esportes, Bellini faleceu em 20 de março de 2014. O ex-capitão já sofria com o mal de Alzheimer desde três anos antes, mas o que provocou o seu falecimento foi a recém-descoberta encefalopatia traumática crônica, mais conhecida como "síndrome do pugilista". A doença neurodegenerativa acomete, principalmente, atletas de esportes de contato, como os futebolistas e pugilistas.

"Basicamente, os efeitos são muito parecidos. Você tem a perda de memória, principalmente a memória mais imediata, e depois vai evoluindo até atingir a longa, chegando a um ponto em que você não se lembra de mais nada. A partir daí, o grau de demência só vai aumentando", explicou o filho.

"No caso da síndrome, essa demência acaba ocorrendo em função das lesões no cérebro causadas pelas pancadas na cabeça. Como o meu pai era atleta e usava muito o cabeceio, eles começaram a associar que poderia ser isso. É provável que a síndrome também tenha atingido outros que já se foram e não tiveram a oportunidade de passar por esse exame, não tinham a informação", concluiu Bellini Júnior.

in Terra

Dunga mantém mistério e não revela time em treino com correria e David Luiz 'em alta'


Para chegar às semifinais, a seleção brasileira terá de passar pelo Paraguai, um adversário reconhecidamente "chato", de acordo com os atletas. Ainda sem dar maiores pistas sobre a escalação que pretende mandar a campo, o técnico Dunga comandou uma atividade que teve David Luiz entre seus destaques, nesta quarta-feira, no centro de treinamento da Universidade de Chile, região metropolitana de Santiago.
O defensor tem sido um dos melhores nos treinos de finalização, por exemplo.
Depois de perder posição após a estreia contra o Peru, ele entrou como volante na vitória de 2 a 1 sobre o Venezuela, no último fim de semana, e agradou.
Não está descartada a sua volta ao time no lugar de Philippe Coutinho, que não convenceu até aqui. Ainda não existe nenhuma confirmação nesse sentido, no entanto.
Dunga deve aproveitar os treinos das próximas quinta e sexta-feira, fechados para a imprensa, para testar possíveis mudanças na equipe. A delegação deixa Santiago para Concepción, litoral chileno, amanhã à noite.
Essa foi a semana em que o treinador teve mais tempo para trabalhar desde o início da preparação, ainda em Teresópolis, região serrana do Rio de Janeiro.
O Brasil enfrenta o Paraguai pelas quartas de final da Copa América, no próximo sábado.

in ESPN

domingo, 21 de junho de 2015

Fotos:













in CBF

Time azul vence por 5 a 3 e desempata o placar geral do 2 toques


Na terça-feira, Neymar e seus companheiros de time saíram de campo gozando Robinho. Afinal, haviam vencido o confronto de dois toques de vésperas de jogos no gol de ouro depois de empate em 5 a 5 no tempo normal e na prorrogação.

Mas o futebol "é um viaduto", como diz um ex-jogador: um dia se está por cima, no outro, embaixo. Neste sábado, véspera da partida contra a Venezuela, o time de Robinho foi à forra e venceu por 5 a 3. O placar geral, que estava empatado em 2 a 2, agora está 3 a 2 a favor da equipe de Robinho, David Luiz e parceiros.

Fernandinho abriu o placar para o time amarelo com um golaço. Muito antes do meio-campo, observou o goleiro adiantado e chutou: gol. Robinho empatou. Casemiro fez 2 a 1, mas o "artilheiro" Miranda fez 2 a 2.

Miranda e Elias, inclusive, que formam a dupla de ataque e adoram ficar na "banheira", desta vez exageraram - Miranda chegou a levar uma bolada em um chute forte de Neymar de tão adiantado e debaixo da baliza adversária  que estava.

Elias, por sua vez, reconheceu: "Não fiz nada, hoje eu estava mal". Isso apesar de estar sempre livre. 

Marquinhos fez 3 a 2 para o time amarelo. Fred empatou, o jogo ficou duro, muito disputado, até que Robinho e David Luiz puseram os 5 a 3 no placar final para o time azul.

Robinho tentou disfarçar a alegria e a gozação.

- Olha, não vamos nem comemorar. Vencer esse time é normal. Normal.

AZUL - Marcelo Grohe, Diego Costa, Everton Ribeiro, Geferson, Casemiro, Firmino, Philippe coutinho, Robinho e David Luiz.

AMARELO - Jefferson,Fabinho, Daniel Alves, Filipe Luís, Marquinhos, Fernandinho, Willian, Thiago Silva, Neymar, Miranda e Elias.

GOLS: Azul - Robinho (dois), Casemiro, Fred, David Luiz;  Amarelo - Fernandinho, Miranda, Marquinhos.

OBS: Antes do confronto, Fabinho e Philippe Coutinho trocaram de time. A transferência teria sido feita pelo capitão Neymar, que negou.

- O Coutinho foi para o outro time por vontade própria. 


in CBF