terça-feira, 29 de Julho de 2014

David Luiz elogia natureza brasileira: “É lindo”


Após o fiasco brasileiro na Copa do Mundo, alguns jogadores seguem no país para aproveitar o que lhes resta de folga antes de voltar a jogar os campeonatos por seus clubes. É o caso de David Luiz, que ainda não se apresentou ao PSG, seu novo clube, e ainda está por aqui curtindo as belas paisagens.
“O Brasil é lindo”, escreveu o jogador em uma publicação recente, em que aparece à beira de um rio.
Um dos jogadores que mais se destacou em campo com a amarelinha, David adquiriu muitos fãs, que fizeram questão de aproveitar o post do atleta para elogiá-lo e pedir para que volte a defender a meta brasileira: “Dunga, convoca o David Luiz”, pediu um fã. “Melhor do mundo”, afirmou outro. 

in Foxsports

Mãe de David Luiz posta foto do filho com peixes na mão


Regina Célia, mãe de um dos jogadores mais carismáticos da seleção brasileira, David Luiz, publicou em seu Instagram na tarde desta segunda-feira, 28, um momento curioso do filho. Na imagem, o zagueiro aparece segurando peixes e uma vara de pescar. "Mais uma qualidade...Pescador", escreveu Regina na legenda da foto.

O jogador do Paris Saint-Germain permaneceu no Brasil após o final da Copa do Mundo curtindo férias em família. Recentemente David postou na mesma rede social uma foto na qual aparece sem camisa remando em um bote com a irmã Isabella e o sobrinho Abner a bordo.

in EGO

domingo, 27 de Julho de 2014

Mesmo depois da Copa, Blanc segue confiante no sucesso da dupla Thiago Silva e David Luiz no PSG

Mesmo com o desastre da Copa do Mundo, Laurent Blanc, técnico do Paris Saint-Germain, acredita que a dupla de zaga formada por Thiago Silva e David Luiz vai render muitas alegrias ao clube francês.
A moral de Thiago Silva no time da capital francesa não parece ter sido abalada, e nem mesmo as atuações desastradas de David Luiz contra Alemanha e Holanda fizeram com que o treinador questionasse transferir para o clube a parceria da Seleção.
David Luiz foi contratado recentemente pela quantia de 50 milhões de euros junto ao Chelsea, o que fez dele o segundo zagueiro mais caro da história do futebol - atrás apenas do seu companheiro brasileiro.
"Eles são dois dos melhores jogadores do mundo, então vão fazer o trabalho deles e voltar ao clube. Não há ressentimentos," declarou Blanc.
Além de Thiago Silva e David Luiz, o PSG tem ainda o zagueiro Marquinhos, o lateral-esquerdo Maxwell e o meia Lucas Moura no elenco.

in Goal

Mumuzinho fala sobre jogo de cintura de David Luiz: 'É melhor como jogador'.

Mumuzinho é cantor e marca ponto na telinha aos domingos, como um dos integrantes da família do “Esquenta!”. Para arrancar o riso da plateia, ele joga nas onze: canta, dança, se veste de mulher e até casa, durante uma cerimônia caipira. Quem acha que ele fica intimidado por encarnar vários personagens, engana-se: “O importante é fazer rir”.
E ele ataca até de repórter. No Copa, a muvuca foi lá na Granja Comary. Um dos quadros chamou a atenção por “revelar” um talento do zagueirão David Luiz, que começou a cantar e dançar. Mas será que ele foi aprovado pelo cantor? “David Luiz é um cara super do bem, ficamos amigos! Mas como dançarino, é melhor como jogador…”, opina Mumuzinho.
Mesmo feliz de estar na casa das pessoas nas tardes de domingo, ele afirma que a carreira musical não está abandonada. Na verdade, ele já tem novidade. “Em breve, lançarei novo disco, com músicas inéditas e participações”, antecipa.
Aliás, um dos momentos mais marcantes para ele no “Esquenta!” teve tudo a ver com música: “Cantar com Djavan foi uma honra”.

in Boa Informação

Desculpe, David Luiz

Os EUA tiveram uma guerra civil que custou cerca de 600 mil vidas. A Alemanha foi derrotada duas vezes no período de 27 anos e a França foi ocupada pelos alemães. Outros países tiveram grandes traumas por terremotos e maremotos. Nossos traumas foram derrotas no futebol: para o Uruguai, em 16 de julho de 1950, e Alemanha, em 8 de julho de 2014. Sofremos por causa dos 7 a 1 no futebol, mas esquecemos dos 103 a zero para a Alemanha em Prêmios Nobel.
A realidade social não nos traumatiza porque nossos grandes problemas foram banalizados.
Consideramos tragédia ter o quarto melhor time de futebol do mundo, mas não nos traumatiza quando, no dia 1º de março de 2011, a Unesco divulgou que estamos em 88º lugar em educação; nem quando, em 15 de março de 2013, o PNUD divulgou que estamos em 85º lugar no Índice de Desenvolvimento Humano; ou quando o Banco Mundial nos coloca como o oitavo pior país em concentração de renda; ou ainda quando soubemos que somos o 54º país em competitividade no mercado mundial; ou quando o IBGE divulgou, em 27 de setembro de 2013, o aumento no número de adultos analfabetos de 2011 a 2012.
Nenhum trauma aconteceu quando a Transparência Internacional nos reprova em corrupção; ou quando vemos que, no ano passado, 54 mil brasileiros foram assassinados no país e outros 50 mil mortos no trânsito. Não nos traumatiza o fato de que 50 milhões de brasileiros — desalojados históricos pelo modelo econômico — passariam fome se não fossem as pequenas transferências de renda, como se eles fossem abrigados depois de uma inundação. Não nos choca a destruição de 9% a mais de florestas em 2013 do que em 2012.
Sofremos com as derrotas no futebol porque elas não foram banalizadas, são exceções na nossa trajetória de vitórias. Não nos traumatizam os desastres sociais porque nos acostumamos a eles e nos acomodamos. Por isso, não exigimos de nossos líderes políticos o mesmo que exigimos dos jogadores e técnicos.
Ao ouvir David Luiz pedir desculpas porque não foi “capaz de fazer seu povo feliz, pelo menos no futebol”, pensei que deveria pedir desculpas a ele, porque sou parte da seleção brasileira de líderes políticos e não consigo fazer o necessário para facilitar a vida de cada brasileiro em busca de sua felicidade.
O político não proporciona felicidade, como um artilheiro que faz gols, mas deve eliminar os entulhos sociais, tais como transporte público ineficiente, fila nos hospitais, escolas sem qualidade e violência descontrolada, que dificultam o caminho de cada pessoa em busca de sua felicidade pessoal. Esses entulhos sociais que povoam o Brasil provam que nós, os políticos brasileiros, não estamos ganhando a Copa do Bem-Estar, base necessária, embora não suficiente, para a felicidade de cada pessoa.
Por isso, eu e todos os políticos com mandatos, não David Luiz, devemos pedir desculpas por não eliminarmos os entulhos que dificultam a busca da felicidade pelos brasileiros.

Cristovam Buarque é senador (PDT-DF) in O Globo

sábado, 26 de Julho de 2014

CONVOCADOS PARA A ASIA SUMMER TOUR (David Luiz não fará parte deste tour)

Descubra os jogadores convocados pelo treinador do Paris Saint-Germain, Laurent Blanc, para a Asia Summer Tour, que levará os parisienses de Hong Kong à Pequim de 26 de julho a 2 de agosto.

Convocados:
AUGUSTIN Jean-Kévin
AURIER Serge
BAHEBECK Jean-Christophe
BAMBOCK Franck-Yves
CAMARA Zoumana
CAVANI Edinson
CHANTOME Clément
DIGNE Lucas
DOUCHEZ Nicolas
IBRAHIMOVIC Zlatan
KIMPEMBE Presnel
LUCAS
MAIGNAN Mike
MARQUINHOS
ONGENDA Hervin
PASTORE Javier
RABIOT Adrien
SIRIGU Salvatore
THIAGO MOTTA
VAN DER WIEL Gregory
VERRATTI Marco

Desfalques:
CABAYE Yohan (férias)
DAVID LUIZ (férias)
LAVEZZI Ezequiel (férias)
MATUIDI Blaise (férias)
MAXWELL (férias)
THIAGO SILVA (férias)

in Site Oficial do PSG

Comentarista: franceses têm dúvidas em relação a David Luiz e Thiago Silva

A revista francesa "France Football" se mostrou preocupada em relação à zaga do Paris Saint-Germain para a próximo temporada, formada por Thiago Silva e David Luiz. A publicação questiona como os brasileiros irão atuar após o fracasso apresentado na Copa do Mundo de 2014 vestindo a camisa do Brasil. O jornalista André Fontenelle, convidado do "Redação SporTV", disse concordar com o temor em relação aos jogadores em função do fraco desempenho no Mundial (assista ao vídeo).
- Se eu entendi bem, a revista quis dizer que o David Luiz tem um posicionamento que deixa a desejar, imprevisível em campo. Vendo a atuação contra a Alemanha, se vê isso. Imagino como fica preocupada a torcida do PSG, vendo a insegurança de seu líder. Vendo também como se comportou o recém contratado, que abandou a zaga no quinto gol da Alemanha, deixando buraco na defesa - disse.
Na análise do comentarista Raphael Rezende, Thiago Silva e David Luiz apresentaram problemas diferentes na Copa. O primeiro, segundo ele, ficou abalado emocionalmente desde a disputa de pênaltis contra o Chile. No duelo, válido pelas oitavas de final, o zagueiro mal conseguiu acompanhar as cobranças e chorou muito em campo. Já o segundo cometeu erros táticos na eliminação para a Alemanha e na disputa pelo terceiro lugar contra a Holanda.
- A análise para o David Luiz é técnica. Para o Thiago Silva, é psicológica. Acho que ele foi bem dentro de campo, talvez tenha sido uma escolha errada para capitão - disse.
Atual campeão, o PSG estreia no Campeonato Francês no dia 8 de agosto, contra o Reims.

in Sport TV

David Luiz se despede após passeio de bote com a irmã e o sobrinho

David Luiz mostrou que curte uma atividade física mesmo estando de folga. O jogador da seleção brasileira postou uma foto em seu perfil no Instagram nesta quinta-feira, 24, em que aparece sem camisa remando em um bote com a irmã Isabella e o sobrinho Abner a bordo. "Muito bom! Valeu galera! Sentirei saudades! Beijo grande em todos! Valeu", escreveu ele na legenda da imagem.
O zagueiro do Paris Saint-Germain permaneceu no Brasil após o final da Copa do Mundo curtindo férias em família. Durante os jogos da Copa ele chegou a postar fotos em que aparece brincando com Abner.

David Luiz  (Foto: Reprodução/Instagram)

in EGO

David Luiz parabeniza Hulk e lembra tempos de Vitória

O zagueiro David Luiz desejou feliz aniversário ao atacante Hulk, que completa 28 anos nesta sexta-feira (25), através do Instagram. Na postagem, o defensor lembrou os tempos de Vitória, já que ambos atuaram juntos nas categorias de base do Rubro-negro.
"Desde o nosso tempo no @ecvitoriaoficial que eu tenho orgulho em dizer que sou seu amigo @hulkparaiba ! Parabéns por mais um aniversário maninho!Deus te abençoe. #HappyBday", escreveu David Luiz, que agora é jogador do PSG, da França. Hulk joga no Zenit, da Rússia. Ambos vestiram a camisa da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 2014.




in iBahia

quarta-feira, 23 de Julho de 2014

Com quatro brasileiros, Fifa divulga seleção popular da Copa

Nem mesmo a trágica participação da Seleção Brasileira na Copa do Mundo apagou a boa imagem de alguns jogadores com os torcedores. A Fifa divulgou nesta quarta-feira a seleção do Mundial por voto popular, e a lista conta com quatro brasileiros: Neymar, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo

Campeões do torneio, os alemães também têm quatro representantes (Neuer, Hummels, Kroos e Müller) entre os jogadores, e contam ainda com Joachim Löw como melhor técnico.
Além de brasileiros e alemães, os onze melhores ficam completos com os argentinos Messi e Di María e o colombiano James Rodríguez.
A votação ocorreu no site da entidade, entre os dias 27 de junho e 13 de julho. Vale lembrar que esta equipe não é eleita necessariamente por critérios técnicos, e sim por preferência popular. A "real" seleção da Copa do Mundo já havia sido anunciada pela Fifa e conta com dois brasileiros: Thiago Silva e Oscar.

in Terra

De férias, David Luiz aproveita tempo livre para pescar com a irmã


David Luiz trocou as chuteiras pelos chinelos. Nestes dias de férias após a Copa do Mundo e às vésperas de estrear no futebol francês, o zagueiro mostrou que está aproveitando o tempo livre para descansar e curtir a família.
A mãe do jogador, dona Regina, compartilhou, nesta terça-feira (22), uma foto de David pescando ao lado da irmã Isabelle.

“Pescadores feras!”, elogiou a mãe coruja.


Nas próximas semanas, David se apresenta ao Paris Saint-Germain, onde vai atuar ao lado de Thiago Silva. Cabe ressaltar que, durante a manhã, Dunga foi oficializado o novo técnico deles na nossa Seleção Brasileira.

in Ofuxio

Thiago Silva e David Luiz curtem férias juntos em Angra dos Reis.


Enquanto a temporada na Europa não começa, os jogadores brasileiros que atuam fora do país curtem os dias de descanso. Thiago Silva e David Luiz, a dupla de zagueiros do Brasil e do Paris Saint-Germain está em Angra dos Reis junto com a família do capitão da seleção brasileira.

Além da mulher, Isabelle, o carioca Thiago Silva levou também os sobrinhos e cunhados. O grupo tem se divertido dando voltas de jet sky, fazendo stand up paddle e passeios de barco pela região. David Luiz prefere se manter discreto, mas é possível vê-lo numa foto postada pela cunhada de Thiago e num vídeo de Isabelle.

in Boa Informação

domingo, 20 de Julho de 2014

David Luiz vira galã e recebe cantadas no Twitter

O zagueiro da seleção brasileira, David Luiz, definitivamente virou galã das redes sociais, a ponto de as torcedoras criarem várias cantadas para ele no Twitter.
A hashtag #CantadasPraDavidLuiz ficou por um bom tempo entre os trending topics do Brasil no Twitter neste sábado.







sábado, 19 de Julho de 2014

Fotos: David Luiz em Escarpas do Lago












in Tumblr

David Luiz filosofa em rede social: "Para cada fim, um recomeço!"

David Luiz posta foto em rede social (Foto: Instagram)Ausente do Instagram desde o término da Copa do Mundo, David Luiz usou uma frase de efeito para retornar à rede social. Em uma postagem neste sábado, o zagueiro publicou uma foto dos pés na água e a expressão: "Para cada fim, um recomeço!".
O defensor brasileiro tem um novo desafio pela frente. Após o quarto lugar com a Seleção no Mundial, ele irá reforçar o Paris Saint-Germain em negócio anunciado no último dia 23 de maio pelo Chelsea.
Os valores da negociação do atleta não foram divulgados, mas giram em torno de 50 milhões de libras (cerca de R$ 186 milhões).

in Globo Esporte

O julgamento das redes: David Luiz e Julio Cesar se salvam; Fred e Felipão são os vilões

A acachapante derrota da seleção brasileira por 7 a 1 para a Alemanha na semifinal da Copa do Mundo encerrou de maneira traumática o sonho do hexacampeonato. Entre críticas e mais críticas pela campanha da equipe, dois personagens no elenco de Felipão se salvaram, segundo julgamento das redes sociais: David Luiz e Julio Cesar.
David Luiz se salvou, segundo julgamento das redes sociaisO zagueiro - com sua irreverência, estilo despojado e liderança dentro de campo, conquistou os usuários das redes sociais. Segundo dados coletados pela tecnologia de Análise de Sentimento Social da IBM, que analisa em tempo real os comentários em português de todos os brasileiros nas redes sociais, o camisa 4 encabeçou a liderança de posts positivos, entre os jogadores brasileiros: 861.108 posts.
Cenas como o reconhecimento ao jovem James Rodríguez, gols decisivos contra Chile e Colômbia e a entrega dentro de campo retratada, até, na goleada contra Alemanha, ajudaram o zagueiro a conquistar a liderança.
Proporcionalmente, Júlio César foi o que mais recebeu menções positivas, com 56% - algo muito provavelmente relacionado às defesas que o camisa 12 efetuou na partida contra o Chile, nos pênaltis.
A dupla mais fraca do ranking brasileiro foi formada por Fred e Felipão. O camisa 9 completou o pódio de mais menções, mas 61% do total correspondia a mensagens negativas, devido ao seu baixo rendimento. O técnico da seleção, proporcionalmente, foi o personagem da Copa que apresentou mais quantidade de posts negativos: 75% - a ‘teimosia' do técnico não foi bem aceita pelos torcedores.
Mas e Neymar? A maior estrela da seleção canarinho dentro de campo apresentou a maior quantidade de posts da Copa do Mundo entre todos os jogadores participantes: um pouco mais de 2,5 milhões de posts. Entretanto, 57% foram negativos, muito por causa da péssima campanha da seleção brasileira.

in ESPN

sexta-feira, 18 de Julho de 2014

PSG: David Luiz é rosto da Campanha



David Luiz ainda não foi apresentado oficialmente, mas qual será o número dele? O que vocês acham?
in Facebook PSG


Opinião: David Luiz é herói ou vilão?


Um dos principais nomes da seleção brasileira na Copa foi o do zagueiro David Luiz. A pergunta que fica é: ele foi herói ou vilão?

Considerado símbolo da raça e “capitão moral” do time na grande vitória diante da Colômbia, em jogo válido pelas quartas de final, David Luiz foi do céu ao inferno na partida seguinte.
O camisa 4 falhou feio no lance do primeiro gol da Alemanha e contribuiu diretamente, com mau posicionamento e falta de liderança, no jogo que acabou com o massacrante e inesquecível 7 a 1 para os europeus.
A análise sobre o rótulo de herói ou de vilão que pode marcar o zagueiro no futuro deve ser feita com todo o cuidado. Afinal, foi ele um dos maiores culpados pela queda do Brasil?
David Luiz mostrou mais raça do que boa parte do time. Explodiu em alegria ao marcar um belo gol contra a Colômbia, lembrando muito Paulo Roberto Falcão ao balançar as redes contra a Itália, na Copa de 82. Pediu desculpas após o fiasco contra os alemães, mostrando brio.
Enquanto Daniel Alves preferiu chamar de babacas os críticos da seleção, David Luiz aceitou os comentários sobre suas falhas, e prometeu melhorar.

Não é preciso ir muito longe para concluir que não se trata de ser herói ou vilão. David Luiz é um jogador com espírito de seleção, e falhas fazem parte do futebol. 

Se a sequência de sua carreira depender de um rótulo, que seja o de herói, mesmo com as falhas.

in Torcedores

quinta-feira, 17 de Julho de 2014

Consolo? David Luiz vence disputa de gol mais bonito da Copa do Mundo

Nem tudo foi derrota para o Brasil na Copa do Mundo. David Luiz, representante brasileiro na enquete de gols mais bonitos do Mundial 2014, ficou em primeiro lugar com 41,86% dos votos. O zagueiro marcou um golaço de falta na vitória da seleção brasileira por 2 a 0 contra a Colômbia, pelas quartas de final. O encantamento do gol se deu pela forma da batida na bola, de "chapa", mas com muita força e efeito. O camisa 4 bateu nomes como James Rodríguez, Van Persie e Lionel Messi em disputa com 10 candidatos.
O colombiano James ficou em segundo com 32,56%. No duelo contra o Uruguai pelas oitavas de final, o camisa 10 brindou a todos que compareceram ao Maracanã com um belo domínio no peito e um giro espetacular. A bola entrou no ângulo do goleiro Muslera. O meia foi o autor dos dois gols na vitória por 2 a 0.
A enquete também teve um representante da terceira melhor seleção da Copa do Mundo. E na disputa do "É Gol!!!", o holandês Van Persie também ficou em terceiro, com 15,29%. O atacante brilhou na goleada por 5 a 1 sobre a Espanha, no estreia pelo Mundial, aproveitando um cruzamento com jeito de passe e se jogando para tocar de cabeça, encobrindo o goleiro Casillas.
Tim Cahill, da Austrália, ficou em quarto com 5,44%. Lionel Messi participou da disputa com dois gols. O argentino ficou em quinto com 2,36% no gol contra o Irã, e em sexto com 1,84% no gol contra o Bósnia.
Completam o resultado de gol mais bonito Jermaine Jones, dos Estados Unidos, com 0,259%; Giovani dos Santos, do México, com 0,156%; Julian Green, dos Estados Unidos, com 0,13% e Granit Xhaka, da Suíça, com 0,104%.

in Sport TV 

terça-feira, 15 de Julho de 2014

Depois de perder Copa em casa, David Luiz pensa em Olimpíadas no Rio

David Luiz se diz um privilegiado por ter disputado uma Copa do Mundo no seu país, e quer viver situação similar daqui dois anos. O zagueiro se coloca à disposição para ser um dos três jogadores com mais de 23 anos que podem representar a Seleção Brasileira na Olímpiadas do Rio de Janeiro.
“Eu gostaria muito e vou fazer de tudo para ter a oportunidade de disputar as Olimpíadas”, disse o jogador, que tem passagens pela Seleção Brasileira sub-20, chegando a disputar o Mundial da categoria em 2007, e que faz parte do selecionado principal desde 2010.
Até 2016, contudo, o seu foco vestindo verde e amarelo será inédito. Pela primeira vez, o agora jogador do Paris Saint-Germain participará das Eliminatórias para a Copa do Mundo – nos últimos quatro anos, o Brasil não precisou atuar a competição por já estar garantido no Mundial como anfitrião.
David Luiz se diz animado. “Minha vontade é a mesma de sempre: representar o nosso país da melhor maneira possível, querer levar meu país para a Copa de 2018 e obrigado Deus por ter oportunidades como essa de recomeçar”, falou, sedento por deixar a frustração de 2014 para trás.
Vou fazer de tudo para ter a minha oportunidade de estar na Seleção Brasileira de novo e mostrar o meu trabalho porque amo estar aqui, na alegria ou na tristeza, na vitória ou na derrota. Amo muito representar o meu país”, declarou-se.

in Gazeta Esportiva

Comentaristas elegem seleção da Copa, sem Messi e com David Luiz

A Alemanha derrotou a Argentina por 1 a 0 e conquistou o quarto título mundial. Antes da final no Maracanã, comentaristas do SporTV montaram o time ideal para a seleção do Mundial 2014 com cinco atletas da equipe campeã, (Neuer, Lahm, Kroos Schweinsteiger e Müller) e dois da finalista Argentina (Rojo e Mascherano). A campanha do Brasil, manchada por duas goleadas na fase decisiva do torneio, deixou consequências e o zagueiro David Luiz é o único representante brasileiro entre os 11 melhores. Eleito o melhor jogador da Copa por representantes da Fifa, em decisão polêmica, Lionel Messi fica fora. Kompany (Bélgica), Pogba (França) e Robben (Holanda) completam o time (assista ao vídeo).
Onze analistas do Canal Campeão tiveram a missão de escolher, individualmente, o melhor jogador para uma determinada posição.
Como melhor goleiro, Carlos Eduardo Lino elegeu o alemão Neuer, mas fez uma menção honrosa a Romero, que classificou a Argentina para a final depois de pegar dois pênaltis da Holanda. Belletti, lateral-direito pentacampeão com o Brasil em 2002, selecionou Lahm. Convocado para três Copas do Mund, o ex-zagueiro Edinho votou no belga Kompany para a zaga devido a sua técnica e velocidade. Já Ricardo Rocha, tetracampeão em 94, "salvou" David Luiz devido a sua liderança e espírito de luta. Wagner Vilaron completou a defesa com o lateral-esquerdo argentino Rojo, por aliar capacidade defensiva e força ofensiva. Para o meio-campo, Mascherano foi selecionado como primeiro volante pelo jornalista André Rizek, pela liderança e orientação dos argentinos em campo. Luiz Ademar indicou o alemão Schweinsteiger pela polivalência. O francês Pogba foi escolhido por Maurício Noriega para ocupar o meio-campo pelo lado direito em função de sua qualidade na transição defesa-ataque. Ricardinho, pentacampeão com o Brasil em 2002, votou em Kroos como o melhor meio-campista da Copa pela habilidade e por ser um jogador "moderno".
Na frente, Lédio Carmona indicou o holandês Robben como o melhor atacante do Mundial 2014 por ser veloz, objetivo e muito eficiente na finalização. O time ideal da Copa do Mundo do Brasil fica completo com o alemão Thomas Müller, selecionado por André Lofredo, devido a sua movimentação e posicionamento.

in Sport TV

segunda-feira, 14 de Julho de 2014

David Luiz concorre a gol mais bonito da Copa


O brasileiro David Luiz pode ter um dos seus gols escolhido como o mais bonito da Copa do Mundo. O tento em questão foi uma cobrança de falta contra a Colômbia, que deu a vitória para a equipe brasileira.
A votação foi iniciada pela Fifa e conta com outros 14 gols. A jogada de David Luiz é o único do Brasil a participar da Seleção, que conta com gols do colombiano, James Rodrígues, do argentino Lionel Messi, do holandês Robben e um dos sete gols que o Brasil recebeu na partida contra a Alemanha.

A eleição será pela internet no site da Fifa, onde é possível rever os lances.

PARA VOTAREM ENTREM NO LINK, VAMOS DAR ESTE PRÉMIO AO NOSSO CAMPEÃO:


NÃO SE ESQUEÇAM DE PARTILHAR !

in Portal A Tarde/ 23DavidLuiz

David Luiz agradece à Copa pela oportunidade de se tornar exemplo para jovens do Brasil

A defesa brasileira sofreu dez gols nos dois últimos jogos da frustrante campanha que rendeu só o quarto lugar aos anfitriões da Copa do Mundo, mas nenhuma frustração tira de David Luiz uma vitória particular em seu primeiro Mundial. O zagueiro, que joga na Europa desde 2007, se tornou um ídolo para a torcida nacional, só sendo superado por Neymar no gosto popular.
A empatia entre o defensor e os brasileiros ficou clara mesmo na disputa do terceiro lugar, quatro dias após a humilhante derrota para a Alemanha na semifinal. Bastava aparecer a cabelereira característica do jogador no telão ou seu nome ser anunciado para gerar furor nos presentes no Mané Garrincha. Por isso, o camisa 4 pôde sair de Brasília com motivo para sorrir mesmo após perder por 3 a 0 para a Holanda no adeus da Seleção à Copa.

“Sou grato por ver que, no meu país, as pessoas puderam ver como sou, mesmo com a minha carreira toda construída na Europa. Graças a Deus, tive a oportunidade de mostrar a pessoa que sou, o que sempre quis. Fico surpreso e feliz porque, muitas vezes, é difícil como zagueiro ser ídolo dessa forma no futebol, sei muito bem disso. Podem ter certeza de que esse é um dos grandes confortos que tenho no meu coração”, discursou, sentindo-se um exemplo.

“Há coisas muito mais valiosas que podemos passar para a sociedade, hoje o jogador de futebol tem a oportunidade de ser um grande exemplo para a sociedade. Sempre quis passar o que sou: um cara simples, abençoado e privilegiado por Deus por ter a melhor profissão do mundo. Sempre tentei mostrar para as crianças ou para nova geração o que tenho de melhor, que é, simplesmente, ser eu, em todos os sentidos, em todos os momentos”, definiu-se.

Se coloca a transparência como sua melhor característica, o atleta de 27 anos, autor de dois gols na Copa, não pode esconder que acabou o torneio entristecido. “Eu preferiria uma Copa totalmente ruim para mim e ter o título, podem ter certeza absoluta disso. Nunca fui egoísta, sempre pensei nos outros. Isso, às vezes, é ruim, mas sou assim, é isso que me traz felicidade”, indicando, trabalhando com base em autoajuda para atuar como líder e indicar a melhora do time.

“O que não nos mata nos deixa mais fortes, e existem pessoas que passam por inúmeras dificuldades muito maiores do que as nossas. É colocar os pés no chão, manter o que fizemos de positivo no futuro e melhorar o que fizemos de negativo para nos tornarmos cada vez mais fortes. Ficamos felizes por ter a oportunidade de, no futuro, mudar isso”, falou, pensando em 2008, mas sem esquecer do tratamento de astro recebido em 2014.


“Como não vou agradecer por ser um dos caras escolhidos por Deus para ter a oportunidade de disputar a Copa no meu país, uma Copa do Mundo onde a Copa sorriu também para mim de forma maravilhosa até as quartas de final. De repente, teve aquele duro golpe onde todos ficaram tristes, abatidos, mas precisamos ter a humildade de reconhecer e ver onde erramos”, ensinou.

in Superesporte

domingo, 13 de Julho de 2014

Fotos











in CBF

Fotos: Brasil vs Holanda























 in Tumblr e CBF


David Luiz diz que faltou vontade na disputa pelo 3º lugar

O segundo fracasso do Brasil na Copa do Mundo de 2014 deu margem para ainda mais reflexões e críticas sobre a situação atual do futebol brasileiro. Um dos principais jogadores da equipe que terminou em quarto lugar, David Luiz vê um saldo positivo da campanha pelo pouco tempo que o time comandado por Felipão esteve trabalhando junto. "Acho que um grupo que começou um trabalho há um ano e meio, você chegar entre os quatro é um saldo positivo, por tudo que a gente fez, da forma que a gente trabalhou. Tem times que jogam oito anos juntos, outros times há seis, cinco... Na forma de pensar como o brasileiro é apaixonado por futebol, a gente não fica feliz. A gente foi acostumado a ganhar, a jogar bem e nós jogadores temos esse feeling, sentimos da mesma forma.
Gostaríamos de ter ganhado o título, o hexa”, disse ao SporTV.
Assim como outros companheiros de Seleção, o zagueiro reconheceu que a goleada histórica na semifinal contra a Alemanha desequilibrou o time, que voltou a apresentar um péssimo futebol contra a Holanda. Ainda assim, o camisa 4 exalta a equipe e pede que todos os jogadores levantem a cabeça neste momento difícil.
"Depois de uma derrota pesada, acho que o emocional foi lá embaixo, todo mundo ficou triste e a perda de um sonho deixou todo para baixo. Hoje entramos com a vontade de ganhar, mas a gente sabia que não era o mesmo feeling, não era a mesma coisa.
Infelizmente perdemos mais um jogo na Copa do Mundo, mas agora é levantar a cabeça porque não pode parar, não pode desistir. Teremos mais oportunidades pela frente para representar a Seleção”, comentou.
David Luiz foi um dos mais emocionados na eliminação contra a Alemanha, o que ele chama de ‘jogo inexplicável’. Na última terça-feira, ele pediu perdão aos torcedores, e hoje ele mais uma vez ele se desculpa por não ter trazido o bronze à ‘torcida de ouro’.
"Teve aquele jogo que foi um jogo inexplicável. A gente teve aquele apagão, aquela pane e todo mundo ficou baqueado, ficou triste. Depois de ficar alimentando um sonho incrível, o país inteiro mobilizado por esse sonho, todo mundo junto. Depois aconteceu aquilo na semifinal e a gente não teve nem reação”, explicou o zagueiro.
“Você acaba o primeiro tempo e está 5 a 0, então é difícil analisar e depois você vir para uma disputa de um terceiro lugar, que a gente queria também, dar esse bronze para coroar pelo menos tudo que a gente tinha feito, para a torcida que foi de ouro, que foi fantástica. Mas não aconteceu, a gente sabia que não era a mesma coisa, a mesma vontade", encerrou.

Ex-jogador Gary Lineker detona David Luiz no Twitter

O ex-jogador Gary Lineker não mediu palavras para criticar a Seleção Brasileira após a derrota por 3 a 0 para a Holanda, neste sábado. Via Twitter, o inglês também foi sarcástico ao falar mal do zagueiro David Luiz:
"O Brasil joga com um time amador. E, me desculpe, PSG, mas David Luiz não é um defensor e nunca será", escreveu o ex-atacante da seleção inglesa.
Antes do jogo, inclusive, Lineker cutucou o centroavante Fred, que iniciou a partida no banco de reservas. "Fred está no banco. Duvido que nós vamos ver uma grande redução na sua movimentação", provocou.

in Terra

Xodó, David Luiz irrita time e torcida com surtos ofensivos

Considerado por grande parcela da torcida o melhor jogador do Brasil ao lado de Neymar na Copa do Mundo até a semifinal contra a Alemanha, David Luiz provou um lado diferente da história neste sábado, na derrota por 3 a 0 para a Holanda na disputa pelo terceiro lugar. O zagueiro passou longe de perder o status de "xodó" – foi o mais ovacionado antes do apito inicial, por exemplo –, mas irritou seus colegas de time e até alguns fãs na arquibancada com seu posicionamento questionável no primeiro tempo.
Apesar de ter falhado constantemente na goleada sofrida por 7 a 1 para a Alemanha na semi, David ainda começou o jogo com a Holanda em "lua de mel" com o público. Foi aplaudido de forma ensurdecedora cada vez que apareceu no telão, e saudou bastante a torcida durante o aquecimento. Na hora do Hino Nacional, foi novamente um dos mais enfáticos para cantar.
Logo que começou o jogo, porém, veio o primeiro erro. David se precipitou ao sair de sua posição para disputar uma cabeçada no meio-campo – perdeu o lance, e voltou lentamente para a zaga enquanto Robben disparava para aproveitar o buraco deixado pelo defensor. O rapidíssimo camisa 11 da Holanda passou pelo rombo entre Thiago Silva e Maxwell, recebeu passe na medida e foi derrubado por Thiago fora da área, mas o juiz marcou pênalti. Van Persie converteu para fazer 1 a 0.
Tendo o nome gritado a cada vez que pegava na bola, David Luiz pareceu se empolgar. O zagueiro passou a ter "surtos" ofensivos, tentando lançamentos difíceis quando tinha opções fáceis de passe, arrancando com a bola dominada desde a defesa ou mesmo abandonando totalmente sua posição para dar combate no meio-campo. Em um desses lances, chegou com vontade demais e tomou uma bola entre as pernas de Wijnaldum.
A atuação ficaria mais desastrosa aos 17min, quando De Guzmán recebeu na direita – impedido – e levantou a bola na área. David Luiz chegou inteiro na jogada e podia ter cabeceado para fora, ou para a lateral; em vez disso, jogou para o meio da área, nos pés de Blind, que teve tempo para ajeitar e chutar no alto, sem chances para Júlio César.
Pouco a pouco, a indisciplina tática do zagueiro passou a irritar os torcedores. Gritos de "volta, David Luiz!" passaram a ser ouvidos no Mané Garrincha a cada vez em que o zagueiro avançava, perdia a bola e não retornava imediatamente para sua posição. Até o capitão Thiago Silva reclamou em campo do companheiro de defesa, enquanto no banco, Marcelo gesticulava na direção do camisa 4 para Felipão.
David pareceu melhorar o autocontrole após a "bronca" de Thiago, e o segundo tempo foi superior. Os lançamentos – que são uma virtude inegável do zagueiro – apareceram só quando não havia outras opções mais curtas para sair jogando. Uma boa cobrança de falta arrancou gritos das arquibancadas, mas Cillessen segurou firme. O terceiro gol holandês não foi culpa sua. Porém, ele voltou a confundir raça com excesso de empolgação quando partiu para cima de Robben para tentar o desarme; o resultado foi um chapéu desmoralizante.
"Foi de acordo com o plano de jogo que eles tinham, eles deixavam fácil para sair jogando, para depois dar o 'press' (apertar a marcação)", explicou-se David após o jogo, questionado sobre as subidas constantes ao ataque. "Tem que encarar o jogo de acordo com o que ele apresenta. Sempre tive minha característica, e sempre fui um cara humilde para aprender, errado ou não. E fiquei triste por ser um jogador de defesa, quando toma 10 gols em dois jogos, a gente fica triste".
Figura carismática fora dos gramados e zagueiro de técnica muito acima da média, David Luiz atingiu a condição de ídolo nacional por causa de suas demonstrações de raça e amor à camisa ao longo da Copa do Mundo. Para um jogador de sua posição, porém, ficou a sensação de que posicionamento, controle e disciplina são fatores que ainda podem ser melhorados. Aos 27 anos, ele ainda tem tempo para evoluir – agora ao lado de Thiago Silva tanto na Seleção Brasileira quanto no PSG.

in Terra

David Luiz: «Sofremos um golo cedo e voltaram os pensamentos horríveis»

David Luiz, jogador do Brasil, em declarações reproduzidas pela RTP após a derrota com a Holanda, no jogo de atribuição do terceiro lugar do Mundial2014:
«O jogo da Alemanha foi um duro golpe. Ainda hoje paramos para assistir e não há explicação para o que aconteceu naquele dia. Depois tentámos reanimar, mas o golpe emocional foi grande. O pais alimentou a esperança de ser campeão do mundo. De repente estás fora da final, em casa, da forma que aconteceu. Entrámos em campo com vontade de acabar bem mas infelizmente não aconteceu. Sofremos um golo cedo e voltaram os pensamentos horríveis que estávamos a tentar esquecer, mas que ainda não tínhamos esquecido.»
«Temos de ter humildade e maturidade para entender a razão das coisas, ver o que errou e pensar nas equipas que estão juntas há seis ou sete anos. Estar nos quatro melhores depois de um ano e meio juntos não é a pior coisa do mundo. Fizemos um trabalho bom. Nem ótimo nem excelente.»

in Mais Futebol